A mamoplastia de aumento é uma das cirurgias plásticas mais procuradas no Brasil, e está no topo do ranking de cirurgias plásticas estéticas.
Para a mulher, a importância de se ter seios bonitos, firmes e proporcionais transcende o simples aspecto estético. Quando ela não está satisfeita com a aparência deles, sua auto-estima e a segurança em relação a sua feminilidade ficam seriamente abaladas, comprometendo emocionalmente sua qualidade de vida.
As próteses são colocadas em um plano anatômico abaixo da mama, embora possam ser utilizadas também abaixo do músculo peitoral.
Existem variadas marcas de prótese no Brasil, todas com certificado de qualidade pela Anvisa (Vigilância Sanitária) e liberadas pelo ministério da saúde. A escolha do tamanho da prótese e modelo é feita baseada nas medidas do tórax da paciente, distância entre os ombros, tamanho das mamas pré existentes e desejo da própria paciente.

protesemama1

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE MAMOPLASTIA DE AUMENTO:

1.Qual o tamanho das cicatrizes e onde ficam localizadas?
Geralmente são cicatrizes pequenas em torno de 3 à 4 cm localizadas em regiões ocultas como sulco infra-mamário, aréola e axila.

2. As cicatrizes podem não ser de boa qualidade?
A cicatrização depende de vários fatores que são: genéticos, tipo de pele, localização da cicatriz, a técnica utilizada, entre outros. Pacientes com pele clara tem tendência a cicatrização de boa qualidade, já os pacientes de pele negra ou amarela(ocidentais) tem tendência a uma cicatrização de menor qualidade, mas isto não é uma regra geral.Na avaliação pré-operatória o médico avalia os antecedentes genéticos e observa outras cicatrizes da paciente,caso exista, para se ter um prognóstico da cicatrização.

3. As cicatrizes hipertróficas e queloides têm solução?
Existem vários recursos que podem melhorar as cicatrizes hipertróficas e queloidianas, que serão avaliados pelo seu médico no momento adequado respeitando as fases da cicatrização.

4. Como ficarão minhas mamas após a cirurgia?
O aumento maior ou menor das mamas depende do volume da prótese de silicone a ser colocada, do volume de mama já existente e do tamanho do tórax. Por exemplo, uma paciente que coloque uma prótese de 350 ml pode ficar com a mama menor do que outra que colocou 300 ml, o importante é manter a harmonia do resultado final. Uma avaliação adequada das mamas da paciente por um profissional qualificado, irá determinar qual a melhor prótese mamária para cada caso,devendo ser a escolha do implante determinada em comum acordo, entre a paciente e seu cirurgião plástico.

5.Posso colocar qualquer tipo de prótese de silicone?
Não, a forma e o tamanho devem ser proporcionais ao volume de mama existente e ao biótipo da paciente. Esta escolha deve ser feita com seu médico no pré-operatório com uma avaliação minuciosa que deverá indicar qual o melhor tamanho e formato da prótese.Existem basicamente 2 formatos de prótese,o redondo e o natural (“gota”).O formato redondo é o mais utilizado,principalmente,para aquelas mulheres que desejam um “colo”(porção superior da mama) mais vistoso, já o formato natural é mais utilizado em reconstrução mamária pós câncer.

6. A prótese de silicone de mama pode romper?
As próteses de mama são bem maleáveis e resistentes, mas em caso de um trauma de grande intensidade,tipo um acidente automobilístico, pode haver rompimento da prótese, caso isto ocorra seu médico deverá ser avisado para fazer os exames necessários e verificar se houve algum dano na mesma.

7. Quando verei o resultado final da cirurgia de implante de prótese de silicone?
Em média com 30 dias a mama apresenta um resultado satisfatório, mas somente com 3 ou 4 meses após a cirurgia apresentará um resultado definitivo.

8. A gravidez altera o resultado da cirurgia?
Não, a prótese não sofre alteração, o que pode ocorrer é um aumento da mama devido a lactação, com uma distensão da pele, e caso a mama não retorne ao seu estado inicial,pré-gestação,pode haver uma leve flacidez da mama.

9. Posso amamentar com a prótese de silicone de mama?
Sim, a prótese não altera a lactação, uma vez que é colocada posteriormente a glândula mamária.

10. É doloroso o pós-operatório da cirurgia plástica de prótese de silicone?
A queixa de dor varia de paciente para paciente, mas de qualquer maneira a utilização de antiinflamatórios e analgésicos tornam o pós-operatório confortável. A prótese mamária colocada atrás do músculo peitoral tem a tendência de proporcionar um pós-operatório um pouco mais doloroso do que quando a prótese é colocada por cima do músculo peitoral.No entanto , essa dor é prontamente evitada com a utilização de analgésicos mais potentes.

11. Existe alteração de sensibilidade no local operado?
É comum a diminuição da sensibilidade no local devido ao inchaço nos nervos da região, mas a sensibilidade volta gradativamente ao normal com o tempo.

12. Existem riscos na cirurgia de aumento de mama?
Os riscos inerentes a qualquer ato cirúrgico que podem ser minimizados com uma boa avaliação pré-operatória e solicitação de exames adequados, bem como realizar a cirurgia em local adequado.

13. Que tipo de anestesia pode ser usada na mamoplastia de aumento?
Local com sedação ou anestesia geral.

14. Qual o tempo de cirurgia de mamoplastia (prótese de silicone)?
Varia de cirurgia para cirurgia, mas em média é de 1 à 2 horas.

15. Quanto tempo de internação?
Geralmente a alta hospitalar ocorre de 08 à 24 h após o ato cirúrgico.

16. Quando poderei fazer exercícios físicos?
Em média com 30 dias já se pode iniciar os exercícios leves,do tipo caminhadas , e com 60 à 90 dias os mais pesados,como atividades realizadas em academias de ginástica.A partir de 2 à 3 semanas a paciente já poderá dirigir automóveis.

17. Com quanto tempo pode ou devem ser retirados os pontos?
Geralmente em torno do 7º dia do pós-operatório, mas, dependendo da técnica utilizada não há necessidade de retirar os pontos.

18. É necessário usar dreno após a cirurgia de implante de prótese de silicone?
Geralmente não, mas, se houver necessidade do uso do dreno,este permanecerá por 48 à 72 horas.

19. A flacidez de pele pode ser corrigida com mamoplastia de aumento sem a necessidade de se retirar a pele flácida?
Sim, apenas em casos em que a flacidez é pequena e sem alteração da forma da mama e das aréolas. Quando a flacidez é grande, ou a forma da mama esta alterada é necessário realizar uma mastopexia,ou seja, retirada do excesso de pele.

20. O que é a contractura capsular da mama?
É uma “rejeição”, uma reação do organismo contra a prótese, causando um endurecimento e dor no local de maior ou menor intensidade dependendo do grau da contratura. Em casos graves a prótese deverá ser trocada.

21. Preciso trocar a prótese de silicone?
As empresas fabricantes das prótese de silicone recomendam a troca dos implantes entre 12 à 15 anos após o procedimento,no entanto, a minha conduta, assim como da maioria dos colegas cirurgiões plásticos,tem sido a troca dos implantes apenas quando há um desejo da paciente devido as mudanças que podem ocorrer nas mamas após alguns anos da cirurgia,mudanças essas normais com o passar dos anos,como por exemplo, aumento da flacidez das mamas,comum com o decorrer do tempo. Outras situações em que a prótese deverá ser retirada são: contractura capsular grave, causando deformidade e dor nas mamas e em caso de rompimento da prótese.

22. Posso associar a cirurgia de aumento de mama à outra cirurgia?
Sim, a mamoplastia de aumento pode ser associada à rinoplastia, lipoaspiração, abdominoplastia,e outros procedimentos, dependendo do seu médico.

23. Os exames de imagens das mamas de rotina ( Ultrasson /Mamografia) podem ser realizados após a cirurgia?
Esses exames não só podem como devem ser realizados,com o objetivo de avaliar o tecido mamário, propriamente dito, como também para avaliar as próteses de silicone.

RECOMENDAÇÕES SOBRE A PRÓTESE MAMÁRIA:

RECOMENDAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIO:

  • Comunicar-se conosco até dois dias antes da operação em caso de gripe ou outra indisposição.
  • Internar-se no hospital ou clínica indicada obedecendo ao horário estabelecido.
  • Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito abundante na véspera da cirurgia.
  • Evitar medicamentos para emagrecer, que eventualmente esteja utilizando, por um período de 15 dias antes do ato cirúrgico.

* Avisar o seu médico sobre medicações que esteja utilizando,algumas delas deverão ser suspensas antes da cirurgia.

*Suspender o uso de cigarros 30 dias ante e 30 dias depois do ato cirúrgico.

  • Programe suas atividades sociais, domésticas, profissionais ou escolares, de modo a se tornar dispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 20 à 30 dias.

*Ler , compreender e assinar o TERMO DE CONSENTIMENTO INFORMADO ,cujo o propósito é essencialmente o de informar, garantindo ao paciente uma atitude ética e digna por parte do seu cirurgião plástico.

RECOMENDAÇÕES PÓS-OPERATÓRIO:

  • Evitar esforços nos 15 primeiros dias.
  • Não movimentar os braços em excesso. Obedeça às instruções que lhe serão dadas por ocasião da alta hospitalar, relativas à movimentação dos membros superiores.
  • Evite molhar o curativo, até que seja autorizada a fazê-lo.
  • Não se exponha ao sol e calor excessivo até 2ª ordem.
  • Alimentação normal (salvo casos específicos, que receberão orientação).
  • Voltar ao consultório para curativos subseqüentes, nos dias e horários estipulados.
  • Provavelmente você estará se sentindo tão bem, a ponto de esquecer que foi operada recentemente. Cuidado! Esta euforia poderá levá-la a um esforço inoportuno, o que determinará certos transtornos.
  • Não se preocupe com as formas intermediárias nas diversas fases.
  • Tire conosco suas eventuais dúvidas.
  • Usar continuamente o soutien fixador por 60 dias.